Puberdade

img_pg_puberdade

PUBERDADE

Classicamente, o início da puberdade deve ocorrer entre 8 e 13 anos, nas meninas, e no período que vai dos 9 aos 14 anos, nos meninos.

Ela é marcada pelo início das mamas nas meninas e pelo aumento do volume testicular nos meninos. Por isso é fundamental que o médico esteja sempre atento ao exame físico.

Durante esta fase podemos perceber mudanças físicas e também psicológicas nas crianças.

Quando há sinais de que esta puberdade esteja se desenvolvendo muito antes da normalidade, é necessária uma avaliação com especialista.

Os exames complementares para a investigação consistem em testes laboratoriais e exames de imagem, como o RX de idade óssea, exame de imagem da cabeça em algumas situações, e ultrassom de abdome inferior no caso das meninas.

Caso a puberdade esteja mesmo mais precoce, esta indicado o tratamento, que é realizado com medicação injetável cada 4 ou 12 semanas, a depender da dosagem prescrita.

As consequências de uma PUBERDADE PRECOCE não tratada são: prejuízo estatural (a criança cresce antes, e para de crescer mais cedo, não atingindo seu potencial genético) e traumas psicológicos (vergonha do corpo, além de maior risco de precocidade sexual e abusos).

Eu particularmente recomendo uma avaliação com o especialista (endocrinologista pediátrico) para todas as meninas com 7 anos e todos os meninos com 8 anos, pois se for detectada alguma anormalidade, temos tempo para intervir.

A puberdade atrasada, apesar de menos comum, também não pode ser negligenciada. Há doenças que fazem com que a hipófise (glândula localizada no cérebro) não produza os hormônios necessários para estimular as gônadas (ovários nas meninas e testículos no meninos).

Uma importante aliada nesta investigação de puberdade é a velocidade de crescimento, por isso, passe seu filho (a) com o pediatra ou endocrinologista pediátrico periodicamente para ter os dados de estatura sempre atualizados na curva de crescimento.

Rolar para o topo
Abrir WhatsAPP
Precisa de ajuda?
Bruna Tincani - Endocrinologia Infantil
Olá, podemos te ajudar?